Aplicativo Truckpad conecta quem tem carga a quem tem transporte

24/07/2016 às 8:49 - Atualizado em 24/07/2016 às 8:49

Aplicativo Truckpad conecta quem tem carga a quem tem transporte

Aplicativo Truckpad apresenta quem tem carga a quem tem transporte, simplifica a contratação rápida de caminhoneiros e não custa nada aos usuários 

Depois de vários anos de labuta na diretoria de uma das mais conceituadas empresas de transporte e logística do país, o Mira OTM Transportes, Carlos Mira envereda para uma nova empreitada, a Truckpad, uma empresa que pretende quebrar paradigmas na prospecção de cargas via internet, servindo de ligação entre caminhoneiros e transportadores, os elos principais da cadeia de suprimento.

“Até agora esta relação tem sido muito penosa para os agentes principais de todo esse circuito, as pequenas empresas de transporte e caminhoneiros”, explica. Depois de decidir por uma carreira solo, Mira resolveu investir num novo conceito de administração. 

A primeira coisa que lhe veio à cabeça foi investir em algo inovador. Para isso foi para o Vale do Silício, na Califórnia, EUA, pesquisar. Várias palestras depois veio a ideia: ser um facilitador para os caminhoneiros, que tem grande dificuldade de arranjar carga.

Partiu então para a prática. O teste Alfa do conceito aconteceu em 2013: será que caminhoneiro usaria móbile e se relacionaria através dele? Comprou 20 tablets e distribuiu para 20 caminhoneiros para que participassem da experiência por um período. De repente, todos chegaram a conclusão que não sabiam como tinham vivido sem “aquilo”. E olha que eles jamais tinham visto um tablet na vida.

Para ter certeza que não estavam mentindo, outro teste: depois de dois meses ele pediu de volta os tablets, com opção de compra. Resultado: todos compraram o equipamento. “Pensei de pronto, temos um negócio aí.”

“Caminhoneiro tem várias dores de barriga durante o dia, ele precisa mais que ninguém se conectar”, diz. Já, já, terá de emitir nota eletrônica, mas diariamente tem que comprar, controlar de jornada, o combustível, onde comer, monitorar viagem, tem que dar satisfação à família, atenção aos filhos, à mulher, mas a maior delas é arrumar carga, que afinal produz o seu sustento.

“Pensamos em criar um MVP – sigla em inglês para Produto de Mínimo Valor, com a carga como atração principal”, lembra. Depois de descarregar seu veículo o caminhoneiro leva entre dois dias a uma semana, dependendo do local em que esteja, para arranjar uma nova carga. E em boa parte das vezes tem ainda que pagar propina ao agenciador.

Mira: “O aplicativo proporciona grandes ganhos, tanto para os caminhoneiros como para os empresários”

Resultado, a Truckpad foi uma das quatro escolhidas da Abril Plug and Play entre centenas empresas do país e a única do segmento de transporte a participar de sua aceleradora. E melhor, ganhou o Google Weekend, como a melhor start up de 2013. 

A ideia a partir do MVP foi de atrair ao principal e depois partir para o controle de jornada, de combustível, pneu, compras coletivas e muito mais. O aplicativo de carga Truckpad, então, é o lastro para algo muito maior. “Somos os primeiros transportadores do mundo a chegar ao Vale do Silício, a meca mundial da inovação”.

Quem precisa de caminhoneiro entra na web e coloca a demanda, o que precisa, a origem e destino, tipo de carga, caminhão etc e os caminhoneiros que estão nas proximidades do local de oferta da carga recebem a informação diretamente na tela do smartphone ou tablet, pelo sistema Android, maciça maioria dos mobiles. Só mais à frente estará disponível versão em iOS.

Estes, então se disponibilizam como recebedores de “oferta de carga” ou não. O sistema compara necessidade e equipamentos adequados e divulga a oferta, compartilhando-a. O serviço é totalmente gratuito.

Como é on line, o contratante e contratado se ajudam via web. É um banco de dado colaborativo, que pode transformar viagens de ida em retorno e vice-versa. Resultado, em apenas quatro meses mais de 1.000 empresas haviam se engajado e mais de 10 mil caminhoneiros estavam usando o app todos os dias. No total são 200 mil caminhoneiros cadastrados e 20 mil downloads realizados.

O caminhoneiro compartilha ou não sua localização,  dependendo da sua disposição de trabalho ou de folga. No primeiro caso, ele pode negociar através do chat e até conversar com o contratante.

Fechado o negócio e realizada a viagem, o prestador do serviço de transporte fotografa o comprovante de entrega assinado e o envia ao contratante, o que agiliza o recebimento do frete. A esta foto ele adiciona a foto da carga e a da pessoa que a recebeu.

Outro grande beneficiário do Truckpad são as próprias empresas de transporte, que podem dispor de opções entre 10 mil caminhoneiros, numero no mínimo três vezes maior que o da maior transportadora do país. Tudo isso em pouco mais de seis meses de operação.

O uso do Truckpad é gratuito e assim permanecerá, pois, segundo Mira, os ganhos virão quando houver massa critica, cerca de 100 mil usuários. Mesmo nessa fase, que deve ser alcançada em um ano, os usuários continuarão a ter o serviço de graça, pois a remuneração virá com patrocinadores dos mais diferentes segmentos. E tem gente de peso no assédio, como a Elavon e Paypal, entre outros.