Roteirização inteligente de frota

04/04/2017 às 11:55 - Atualizado em 04/04/2017 às 11:58

Roteirização e inteligência operacional para reduzir custo e aumentar a eficiência

Atualmente a logística é o segundo maior custo de uma companhia.
Para trazer menos impactos financeiros, mesmo crescendo em volume de
venda e distribuição, a empresa implantou uma série de medidas para
tornar a operação e distribuição mais eficiente, sustentável,
reduzindo custos, emissões e tornando o processo mais inteligente.

O Everaldo Vaz, gerente de Logística da Copagaz,  pode ser uma
excelente fonte para falar destas ações que ajudam a driblar os
desafios de transportar carga Brasil afora – péssimas condições da
malha rodoviária, trânsito, legislações/restrições de circulação
(horários e vias), entre outras, sem deixar que falte o produto nas
casas e indústrias de todo o país.

Entre as medidas estão: roteirização inteligente da frota e com isso
diminuir o índice de quilometragem rodado, o consumo de combustível e
a emissão de CO2 no meio ambiente; diminuir o número de caminhões sem
perder eficiência na entrega mesmo com aumento no volume de vendas;
alteração no processo de carregamento dos caminhões para saída para
distribuição (ganho de uma hora na operação);investimento em aquisição
de balanças para pesagens dos veículos na saída para distribuição;
realização de manutenção preventiva da frota, investimento pesado em
treinamento de motoristas e seus assistentes, troca de frota a cada
seis anos; entre outras.

Fonte: Assessoria de imprensa

Tags: